Untitled Document

Alimentação


A alimentação deve ser a mais saudável possível, adequada ao clima local.
Equilíbrio na ingestão de proteínas, vitaminas, carboidratos e sais minerais. Evitar gorduras, sal e açúcar (branco) e fazer as refeições em horários certos, são também ótimos hábitos que mantém uma boa saúde, pois a prática do surf estimula o apetite pelo fato de consumir muitas calorias. Portanto, devemos saber como repô-las da forma mais saudável possível. É essencial que um surfista saiba como manter uma boa alimentação para possibilitar um melhor desempenho na prática do surf. Cuidando da alimentação, o surfista conseguirá não só manter a sua saúde, mas também preservar sua composição corporal, permitindo o armazenamento de energia(glicogênio muscular), retardando a fadiga pelo aumento da resistência ao exercício, contribui para o aumento da musculatura e auxilia na recuperação de lesões ou traumas eventualmente provocado pelo esporte. A alimentação é fundamental para um bom desempenho no esporte, para isso ela deve ser balanceada completa. As necessidades nutricionais podem ser diferenciadas de um indivíduo para outro, idade, sexo, peso, altura e tipo de atividade física realizada.
No caso de um profissional, deverá existir um acompanhamento por parte de um nutricionista, principalmente por causa das constantes viagens, variações na alimentação e no clima. O equilíbrio é, por isso, indispensável na ingestão de proteínas, vitaminas, hidratos de carbono e sais minerais. Evitar gorduras, sal e açúcar (branco) e fazer as refeições em horários certos, são também ótimos hábitos que mantém uma boa saúde, pois a prática do surf estimula o apetite, pelo fato de consumir muitas calorias. Devido ao grande desgaste físico, orgânico e psicológico decorrente da prática de um dia de surf (no caso de uma competição este desgaste é muito maior), deve-se cumprir um rigoroso horário de descanso, no mínimo 8 horas diárias, para repor as energias (de preferência dormir e acordar cedo).
Para todos que costumam surfar em picos distantes e desertos, sempre acabam desrespeitando os horários de alimentação. Então não esqueça de levar um lanche reforçado na bagagem, com uma fruta, uma maçã, um cereal e água, beba muita água para hidratar o corpo.

 

Dicas de Comidas para praticantes do surf e outros esportes:

Frutas - Qualquer fruta faz bem ao organismo, elas são ricas em vitaminas e sais minerais e fornecem energia. As frutas indicadas para aumentar a eficiência física, são: Acerola, caju, cupuaçu e tangerina.

Água de coco - Hidrata o organismo e mata a sede.

Açaí – (Saúde e muita energia), esses são os benefícios obtidos por aqueles que fazem do Açaí um complemento alimentar diário. Essa pequena fruta de cor e sabor exótico conquistou em pouco tempo seu lugar na mídia, graças a vários programas de televisão que apresentavam jovens ´sarados´ deliciando uma tigela de Açaí e granola. Para muitos, essa fruta, nativa da Amazônia tornou-se um grande repositor energético, em virtude de propriedades únicas do Açaí, tornando-se assim símbolo da geração saúde.
O açaí é consumido por todos que desejam uma refeição energética, saborosa e muito refrescante. Aliás, nada melhor do que Açaí depois de um dia de altas ondas, não é galera?!

Legumes e Verduras - Todos são ricos em vitaminas e sais minerais, equilibrando a energia do corpo e a flora intestinal. Ex: Abobrinha, cenoura, beterraba, Alface, acelga, agrião, etc.

Carnes - Rica em proteínas, dê preferências às carnes brancas (frangos e peixe). Ricas também em aminoácidos que contribuem para o aumento da resistência física. Ex: Procure comer sempre, bife na chapa, frango ou peixe.

Carboidratos - Fornecem energia para o surf, ajudando a manter uma longa duração na água. Os alimentos que contém carboidratos são as massas, batata, macarrão, pão, entre outros. Mas saiba comer com modalidade.

Lipídio - Leite e derivados.

Barra de cereais - São boas fontes de fibras, com as versões light e com 12 vitaminas -têm cafeína, que dá motivação, e vitamina A e zinco, antioxidantes. As fibras ajudam o intestino a funcionar melhor e a diminuir o colesterol.

Grão - Feijão (rico em ferro), lentilha, grão de bico, etc.

É normal o aumento do apetite depois do surf, isto é reflexo da necessidade do organismo, que pede mais carboidratos e sais minerais. Por isso, se você surfa é importante cuidar da alimentação, até para evitar que ao invés de perder gordura, o seu organismo entre no processo de catabolismo, isto é, perda de massa muscular.

E se você é daqueles que sai do mar, come uma larica e logo estica as pernas no sofá para relaxar, está na hora de mudar este habito. Se comeu, aproveite a natureza para caminhar, meditar e fazer digestão e somente depois estique as pernas.

Surf Van – Nosso escritório é na praia.

NEWSLETTER SURFVAN
Digite o seu e-mail e receba as novidades:                          Fone: 11 3992-4608

Todos os direitos reservados Surf Van - Since 2000